Anticoncepcional Maringá, Paraná

Anticoncepcional em Maringá. Encontre telefones, endereços e informações sobre Anticoncepcional em Maringá e região. Além de encontrar profissionais especializados, leia nossos artigos com dicas, tutoriais e informações relevantes sobre Anticoncepcional.

Farmácia Nova
(44) 3267-5675
Avenida Pedro Taques 2188
Maringá, Paraná
 
Farmácia Med Farma
(44) 3029-5559
Praça Deputado Heitor de Alencar Furtado 1516 lj 02
Maringá, Paraná
 
Farmácia Globo
(44) 3268-1891
Avenida Tuiuti 1440
Maringá, Paraná
 
Drogaria Nacional
(44) 3222-5273
Avenida Brasil 4216
Maringá, Paraná
 
Farmácias São Paulo
(44) 3025-2805
Avenida Mandacarú 1841
Maringá, Paraná
 
Farmácia Nossa
(44) 3226-5454
Avenida Brasil 3569 s A
Maringá, Paraná
 
Farmácia Brasília
(44) 3224-8000
Avenida Brasil, 5288
Maringá, Paraná
 
Farmácia Farmalider
(44) 3229-1731
Avenida dos Palmares 99
Maringá, Paraná
 
Farmácia Vila Nova
(44) 3228-7790
Rua Mitsuzo Taguchi 540
Maringá, Paraná
 
Happyfarma Unidade Pam
(44) 3218-1518
Avenida Brasil 4493
Maringá, Paraná
 

Tipos De Anticoncepcionais

TIPOS DE ANTICONCEPCIONAIS – Cada mulher pode decidir que método utilizar para se prevenir de uma gravidez não planejada. Antes de decidir qual método usar, porém, é preciso levar em conta idade, doenças pré-existentes e ritmo de vida da mulher. A pílula é um dos métodos mais utilizados, exatamente por ser 99% seguro. A pílula é ingerida oralmente e tem uma grande variedade de dosagens e composições. Basta tomara um comprimido por dia, mesmo horário, por 21 dias seguidos. Apenas na semana de pausa, é que a mulher menstrua.Outro método é a injeção mensal ou trimestral. Ela é indicada quem tem enjoos e intolerância às pílulas orais. A pílula injetável não contém estrogênio, mas pode levar ao ganho de peso e dificultar a gravidez quando a mulher parar o tratamento. O anticoncepcional em adesivo, também chamado de transdérmico, é aquele colocado na pele, com a finalidade de absorver os hormônios. Cada adesivo dura uma semana e deve ser usado por 21 dias. Após isso deve ser feita uma pausa para a menstruação.A pílula de progesterona também é outro método, mais indicado para mulheres com intolerância ao estrogênio. Ela ajuda no alívio das cólicas, mas pode provocar retenção de líquidos. Ainda existe o anel vaginal. Ele é indicado para mulheres que sofrem com enjoo ou dor de cabeça com a pílula oral. Colocado no fundo da vagina, o anel fica ali por três semanas e na quarta, a mulher menstrua normalmente com a sua remoção. Outro método contraceptivo é o implante subdérmico. Com esse processo é liberada a progesterona.O implante dura por aproximadamente três anos, após ser inserido sob a pele. Os médicos recomendam tal método às mulheres que amamentam ou com endometriose. Como efeitos colaterais, o implante pode causar um ganho excessivo de peso e acnes.A minipílula também é muito eficaz no controle da natalidade. Composta de progesterona em baixas dosagens, a minipílula é indicada para mulheres que tiveram filho recentemente ou que ainda estiverem amamentando. O DIU – Dispositivo Intrauterino – é um método que pode durar até cinco anos, alivia cólica e é indicado para quem tem endometriose.O DIU de cobre, é outro tipo de dispositivo, com duração variável de três a 10 anos. Ele não é recomendado para mulheres que sofrem com as cólicas mensais, nem para as que têm um fluxo de sangue abundante. Escolha o método mais adequado para o seu caso, com a ajuda de um ginecologista, mas tenha em mente que nenhum destes previne as doenças sexuais. Portanto, cuide-se sempre para se manter saudável!